Cotovelo do Tenista

Dor no cotovelo ou Cotovelo do Tenista

“Cotovelo do tenista” se dá por movimentos repetitivos do punho e do braço

A epicondilite lateral, também conhecida popularmente como “cotovelo do tenista”, é uma dor que ocorre quando os tendões desta parte do corpo estão sobrecarregados, geralmente por movimentos repetitivos do punho e do braço, como digitadores, pintores e açougueiros. Apesar do nome, a prática do tênis é causa de menos de 5% das lesões.

“Como o nome sugere, jogar tênis pode ser uma das causas, porém, outros movimentos de braço e antebraço também podem gerar dor, já que o cotovelo de tenista é resultado da repetição da contração dos músculos do antebraço, usada para endireitar e levantar a mão e punho”, explicou o ortopedista especialista em cirurgia do ombro e cotovelo e sócio da Clínica LARC, Dr. Layron Alves.

O praticante de tênis precisa avaliar alguns itens antes de comprar a raquete, pois ela não pode ser leve e nem pesada. Também fazem a diferença o tipo, tensão e frequência da troca da corda.

“A dor causada pela epicondilite lateral ocorre a partir da parte óssea externa do cotovelo, podendo chegar no antebraço e no punho. Alguns pacientes ainda sentem dificuldade de apertar as mãos, segurar um objeto, digitar e escrever”, contou o ortopedista.

Como é o diagnóstico do Cotovelo do Tenista?

Na maioria dos casos o especialista consegue fazer o diagnóstico apenas com exame físico, em outros casos ele pode pedir um Raio-X.

Se confirmado o “cotovelo do tenista”, repouso e gelo já ajudam na recuperação. O fisioterapeuta também pode indicar exercícios que vão ajudar no fortalecimento da musculatura do punho, do “core” que vai deixar os músculos mais fortes e prevenir lesões, e exercícios de alongamento para ajudar na flexibilidade. Uma cinta de antebraço ou de cotovelo ajuda a reduzir o estresse sobre o tecido lesado.

Tratamento de Cotovelo do Tenista com infiltrações

Além disso, existem tratamentos com infiltração, acupuntura e ondas de choque. Em casos mais graves, uma cirurgia pode ser indicada.

 

Dr. Layron Alves é ortopedista e especialista em cirurgia do ombro e cotovelo, membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo (SBCOC). O especialista é preceptor efetivo da residência médica do Hospital Ipiranga SP. Atualmente mestrando e doutorando em Ciências da saúde e membro do grupo de cirurgia do ombro e cotovelo da Faculdade de Medicina do ABC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *